quarta-feira, 22 de maio de 2013

quer entrar?


Seu olhar me devora a alma
Despe o meu corpo, peça por peça
Penetra na minha vida 
E não quer se desgrudar.

E eu não quero que se vá
Desejo que fique e, quem sabe,
Espere o chá que já está
Na chaleira a apitar.

Encanta-me sem pedir permissão
Vai logo se acomodando
Sem pedir licença e ter direção.

Seu chamego me alucina
E nessa viagem lúdica
A gente não vai embora.

5 comentários:

  1. Que entre, que esteja.
    Texto lindo e encantador, me fez ficar.

    Flores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awm, Lu! Você é uma linda!
      E desejo que você fique para sempre por aqui, comigo :)

      Beijão!

      Excluir
  2. Lindo demais, saudades de entrar aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camila!

      Linda é a tua escrita, teus sentimentos...

      Excluir
  3. Adorei sua poesia que, embora leve, soa corrosiva. Tava com saudades de entrar no assinado eu!

    ResponderExcluir

Assine também!