domingo, 12 de fevereiro de 2012

conforme ele...


Alguns dizem que sempre fui louco
E ela só piorou um pouco
Outros dizem que ela me tornou
Um pouco além de bobo

Mas a verdade é que não sou
Nem um e nem outro
É que ela me deixou
Nesse sufoco...

Chamado amor.

13 comentários:

  1. realmente o amor nos faz uns tolos. :P

    Adorei *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho mesmo que deve ser mas ainda não passei por isso, Bru :P hehehe

      Excluir
  2. lindo.

    tanto a citação da loucura quanto a do amor.

    ResponderExcluir
  3. Ah, o amor ! E mesmo fora por algum tempo, voce nunca perdeu o glamour das palavras ! Assino embaixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Tamara! Saudades de você, menina! Apareça mais. Beijos.

      Excluir
  4. Já devo ter dito, mas posso repetir? Eu adoro teus poemas! Eles tem um quê de espontaneidade! Não sei... sua poesia parece sorrir com a maior facilidade.

    :D

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
    Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  6. êta guria arretada! ;D


    beijas, Í.! ;*

    ResponderExcluir
  7. Concordo muuuito com Fil... "um quê de espontaneidade". *-*
    Amar é dos loucos e a loucura é do amor.
    :)

    ResponderExcluir
  8. Incrível como seus poemas conseguem ser tão ácidos e doces ao mesmo tempo.
    Que bonito Isa, que bonito!
    Acho que nunca vou ler algo seu que não me agrade.

    ResponderExcluir
  9. Olá, passe lá no http://aprimadonemo.blogspot.com/2012/02/tag.html
    tem algo pra você! bjs

    ResponderExcluir
  10. Ahhh gente, muito obrigada por tudo! Mesmo :) Beijos.

    ResponderExcluir

Assine também!