terça-feira, 5 de abril de 2011

nothing and everything


Escrevo este só porque eu gostei...

Da malícia com qual me olhou
Do jeito como me agarrou
Da forma que me rodopiou

Não que eu seja sucetível
Apenas gostei
E continuo gostando
Desse seu jeito estranho
 
Do seu incrível tom animado
Um pouco exagerado, digo
Porém melhor que contido
Detesto cara enfadado

Talvez se eu não tivesse ido
Ou você tivesse ficado
Nós poderíamos ter sido
Bons, exageradamente bons.

Isadora Peres.
15.03.2011

E não é que eu estava certa?

15 comentários:

  1. Ás vezes a cota de sermos "bons" bate o seu limite e nem percebemos. Perdemos muita coisa repreendendo aquela malícia deliciosa. A malicia-viva.

    *--*
    adorei, foto digna.
    <3

    ResponderExcluir
  2. Sua danada.
    Vejo uma mulher desabrochando ali.

    Beijo em você que eu amo tanto.

    ResponderExcluir
  3. Tem um selinho pra você neste link: http://freescura.blogspot.com/2011/04/selo-que-seja-sempre-doce.html

    beijão :*

    ResponderExcluir
  4. Delícia, delícia, delícia!

    Oi Isa.
    Adoro te lê, tenho que falar isso sempre.
    Agradeço o teu carinho, por sempre ir lá em meu universo e ENTENDER tudo o que eu escrevo, tudo o que sai da minha alma. Perdão pelo meu sumiço aqui, mas venho quando poder.
    Adoro você, adoro o que escreve.
    Beijo minha flor.

    Flores!

    PS: vamos manter contato, vou adorar poder conversar com você, msn: luacostalife@hotmail.com.

    ResponderExcluir
  5. E tem como fazer um comentário digno quando os textos são seus? Velho, que poema lindo ... não sei nem o que falar. Tô achando que a gnt tem mais coisas em comum do que eu imaginava ;D

    ResponderExcluir
  6. Olha a Isa, que ousada :P
    Pura sedução este seu texto ^^

    ResponderExcluir
  7. tudo de bom esse seu texto ein...

    ResponderExcluir
  8. Hahaha awwwm, muito obrigada gente! Desculpa pela demorinha pra responder os comentários!

    Super beijos <3

    ResponderExcluir
  9. Isaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! Saudade, saudade, saudade, menina! Como viver sem teus poemas?
    Desculpa mais uma vez o sumiço, mas eu tava com uma tala no braço, e depois fiquei doente, daí fiquei sem atualizar minhas leituras um tempo! :S
    Como você tá?

    Ah, amei tanto esse poema! Dá vontade de que os "personagens" fiquem juntos, de tão fofo! *-*

    Beijão. flor!

    ResponderExcluir
  10. Voce, sempre tao VOCE...

    ai que saudade que bateu aqui viu...

    ResponderExcluir
  11. Beeell! Ahhh, que isso menina! Relaxa. haha. Que bom que você está bem e voltou! Beeeijos.

    Olhe só... Quem é vivo sempre aparece! hahaha. Tudo bom, Ro? Saudades mesmo. Tô seguindo você nesse novo link. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Uau! - é isso o que eu tenho a dizer, Isadora. Suas palavras mexem comigo.
    ;*

    ResponderExcluir

Assine também!